2

A Casa Assombrada (John Boyne)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 9º livro lido em 2015 e foi A CASA ASSOMBRADA (John Boyne). Como é de conhecimento público, eu vendi a minha alma para o Boyne, logo, qualquer coisa que ele vier a escrever eu lerei com alegria e sempre com altas expectativas.

Quando vi que este livro já estava em pré venda no Brasil, fiquei muito empolgada. Quando eu o comprei, comecei a ler  na loja, então imaginem o quão altas estavam as minhas expectativas.

O livro nos traz a jovem Eliza Caine que após a morte do seu pai, decide aceitar um emprego no interior da Inglaterra como governanta em uma mansão. Eliza não sabe absolutamente nada sobre os seus novos empregadores, mas como precisa de um emprego e também quer deixar a cidade que a faz se lembrar do pai, ela segue rumo à uma nova vida.

Assim que chega a estação de trem de destino, fenômenos estranhos começam a acontecer. Eliza consegue sentir uma força querendo machucá-la e também é capaz de sentir uma outra força tentando protegê-la e isso acontece durante toda a narrativa, porém cada vez mais forte. Conforme a narrativa avança, Eliza se expõe a diversas formas de perigos, todos involuntariamente. 

O trabalho de Eliza na mansão consiste em cuidar de duas crianças, Isabella e Eustace, dois irmãos de 12 e 8 anos respectivamente, que perderam a mãe a cerca de um ano e ambos já tiveram algumas governantas e Eliza então é contratada para substituir a última. As duas crianças são diferentes entre si. Isabella é uma menina que você nãos abe se ama ou odeia. Ela tem personalidade, é forte e esperta, por vezes desafiadora. Já Eustace é amor a primeira vista: carinhoso, ingenuo e inteligente.

O livro é uma aventura de horror. Todos os elementos do gênero estão inseridos na história: uma mansão misteriosa, funcionários monossilábicos e estranhos, neblina e vento. Aos poucos Eliza começa a entender de onde vem e o motivo de toda aquela assombração. Ela vai desvendando o enigma que existe dentro da casa e aos poucos conhecendo a verdadeira história daquela família. A força que quer machucá-la é descoberta facilmente, mas a força que tenta protegê-la só nos é apresentada nas páginas finais.

O livro é muito tenso. Determinadas situações são tão bem descritas que eu me sentia assistindo um filme de terror, sozinha em uma sala escura. Uma cena específica me fez gritar de susto, quando Eliza sente que duas mãos agarram seus tornozelos na cama e tentam arrastá-la. Essa cena especifica foi tão bem desenvolvida que eu me assustei como se estivesse “assistindo” o livro. E assim, as outras cenas também são feitas com esse objetivo: assustar o leitor. Algumas situações foram tão aterradoras que eu não conseguia prosseguir na leitura sem fazer uma pausa. 

Embora esse seja o primeiro livro do autor neste gênero que eu tenha lido, é possível identificar com facilidade as características da sua narrativa ainda que ele estivesse desenvolvendo outro tipo de história. Seu sarcasmo inteligente, a humanidade dos personagens e a maneira como ele descreve lugares e sentimentos com precisão sem cansar o leitor.

Como já era de se esperar, eu amei o livro, a história e sobretudo, adorei conhecer este perfil do John Boyne. Ele é criativo, sua escrita é viciante e ainda que o enredo seja recheado de clichês, ele consegue prender o leitor do começo ao fim. 

Para quem gosta deste gênero literário, super recomendo. Para quem aprecia uma escrita inteligente, recomendo mais ainda. E se você não conhece nada do autor, acredito que este seja um bom livro para começar a aconhecer o seu trabalho. 
MUITO BOM!!!
Em que momento, perguntei-me, nossos papéis se inverteram a ponto de eu, a filha, ser quem dava autorização para ele, o pai, sair de casa? Página 12
Nós dois viemos a entender que a morte era um fenômeno natural, ainda que muito triste para os que ficam para trás, mas algo que todos os homens e mulheres precisavam aceitar como o preço que se paga pela vida. Página 35

Um pouco sobre o autor: John Boyne nasceu na Irlanda em 30 de abril de 1971. Seus livros publicados no Brasil são:

O Menino do Pijama Listrado
O Garoto do Convés
O Palácio de Inverno
Noah Foge de Casa
O Pacifista
O Ladrão do Tempo
Tormento
A Coisa Terrível Que Aconteceu com Barbaby Brocket
Fique Onde Você Está e Então Corra
Dia de Folga (Conto)
A Casa Assombrada
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. achei super interessante a historia, se bem q eu fico meio doidinha c esse negocios mt de terror mas ok, ja vou colocar minha lista ;) rsrs
    http://tonsdeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. John Boyne é um excelente escritor e tenho certeza que esse livro vai ser um sucesso. Parabéns pelo post.

    LivreandoFacebook

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014