7

As Batidas Perdidas Do Coração (Bianca Briones).

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 43º livro lido em 2014 e foi AS BATIDAS PERDIDAS DO CORAÇÃO (Bianca Briones). Este era um dos livros que encabeçavam a minha lista de compras para a Bienal do Livro em SP e eu estava bem ansiosa em conhecer esta história, uma vez que ouço falar do livro desde que ele nasceu. A autora Bianca Briones compartilhou no Facebook o processo de criação do livro e acompanhando os comentários dos profissionais que trabalharam na publicação do mesmo, minha ansiedade só aumentava.

O livro nos traz Viviane e Rafael, dois jovens que se conhecem no que parece ser o pior momento de suas vidas: Viviane acaba de perder o pai para um câncer. O pai era mais que um exemplo de vida para ela, era o amigo presente e fiel com quem ela podia contar em qualquer dificuldade. Rafael também passa pelo seu momento de perda, em um acidente de trânsito morrem 4 pessoas da sua família incluindo sua irmã. Rafael já vinha de um processo íntimo com a morte pois anos antes ele encontrou seu pai morto por marginais.

Viviane e Rafael se encontram a primeira vez no hospital e existe uma conexão quase que imediata entre os dois, embora ambos tentem evitá-la. O irmão de Viviane passa a fazer terapia em grupo e no mesmo grupo está Lucas, primo de Rafael e aí surge o vínculo que manterá um na vida do outro. A amizade entre Lucas e Rodrigo faz com que Viviane e Rafael se encontrem mais vezes do que eles pretendiam. Viviane e Rafael formam o casal típico de um New Adult: Ela é a garota rica, bem educada, quase inocente e que não sai da linha. Já o Rafael é o retrato perfeito do bad-boy: Tatuado, motoqueiro, pegador e lindo de morrer. Entretanto o livro não obedece uma fórmula pronta, não se trata apenas de um romance picante onde cada um tem que ceder um pouco para se amarem para todo sempre. A autora inseriu na história uma abordagem muito séria e completamente pertinente para a atualidade. Ainda que não seja um assunto atual, o livro nos joga no meio de uma problemática muito próxima de cada um de nós e ela tratou o assunto com tanta seriedade que foi impossível para mim, em determinados momentos da leitura, não me impressionar e não me questionar quanto às pessoas ao meu redor.

O livro nos fala de amor, mas de uma forma real. Com o amor, vem a perda, a fraqueza, as impossibilidades. Os laços que construímos dentro e fora da família e em como tudo isso nos influencia. A história de Viviane e Rafael nos leva a questionar os limites de uma paixão e do quanto estamos preparados para aceitar o inaceitável. Mais que isso, o livro nos leva a pensar em quanto amamos a nós mesmos e se vale a pena ser consumido por amor à outra pessoa. O livro é intenso, forte e muito bonito. Com uma escrita fluida, você abre o livro e viaja pelas 400 páginas sem perceber, parando em vários pontos da narrativa por motivos diversos: ora pra rir de alguma analogia muito bem construída, ora para tomar fôlego em função da intensidade das situações descritas e, quando o livro acaba e você lê a última frase, você o abraça, tendo quase certeza que Viviane e Rafael fazem parte do seu círculo de amigos íntimos.

Os demais personagens que orbitam a história do casal também nos conquistam. Você se afeiçoa ou antipatiza com eles sem perceber e, na medida certa, eles dão o peso e a leveza correta ao texto. Os personagens são tão bem construídos que você entende a importância de cada um deles tanto para Viviane quanto para Rafael.

O livro traz também uma trilha sonora que transita entre pop e o rock. Em um primeiro momento, não me conectei às músicas escolhidas porque eu não as conhecia. (Sim, não ouço pop ou rock), porém, os capítulos são abertos com alguns versos de alguma canção e a letra destas músicas dão o tom certo para cada capítulo e isso foi pra mim como um anti-clímax de como o capítulo seria desenvolvido. Confira a trilha sonora AQUI.

Enfim, recomendo a leitura para quem aprecia o gênero e tenho quase certeza que este livro será uma referência dentro do estilo. O livro possui as características básicas mas não é engessado. A história é forte e em alguns pontos, chocante. As cenas sensuais são de bom gosto, reais e quentes sem perder o romance. O livro é ótimo e eu acredito que essa história é boa o suficiente para ganhar as telas. Quem sabe??? Eu pelo menos estou torcendo muito...

Se você gosta do gênero, pare o que você estiver lendo agora e leia AS BATIDAS PERDIDAS DO CORAÇÃO. O livro é MUITO bom!!!
Meu pai dizia que, quando descobrimos que estamos apaixonados, o coração fica tão assustado que pula um batimento, como se estivesse se preparando para todas as variações de velocidade que vai ter que enfrentar a partir daí. É o que ele chamava de "batidas perdidas do coração". Segundo ele, o coração nunca recupera o ritmo correto até se encontrar no peito de outra pessoa. Página 119


Um pouco sobre a autora: Bianca Briones é brasileira, mãe de dois príncipes: Athos e Arthur. Sua intimidade com a criatividade é tão grande que ela já criava histórias antes mesmo de aprender a escrever. Publicou o seu primeiro livro em 2010 e já existem vários projetos prontos para que ganhem os leitores no mundo. É uma das grandes promessas dentro da literatura brasileira contemporânea e no livro AS BATIDAS PERDIDAS DO CORAÇÃO, já podemos perceber esta promessa se cumprindo.
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oii, gostei demais da sua resenha e me despertou um mega interesse em lê esse livro, que fala de uma linda Historia, amo livros assim *--*
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros desse gênero,e esse não foi nem pela sinopse e sim pela capa que é linda,mas a história também,parecem ser dois personagens onde um vai depender do outro pra superar as barreiras e conseguir ficar juntos

    ResponderExcluir
  3. Amei a capa, amei a história, amei a resenha...
    já está na minha lista de próximas aquisições...
    obrigada pela dica literária...

    ResponderExcluir
  4. Se antes eu já estava interessada, agora eu tive certeza de que preciso ler.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Acheii que historia tem tudo haver com nome!
    E isso e muuuito importante pois e preciso iguala tudo!
    PQ as vezes acheii perde algumas partidas so coração por
    pessoas que mal merece de fato a gente olhar ! Isso
    foi que de fato me chamou atenção

    BLOG- http://b-maluco.tk/
    INSTAGRAM-> http://instagram.com/blog_maluco
    WEHEART- http://weheartit.com/Gikura_Viey

    Ficarei feliz em receber sua visita em meu Blog. Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Olá Ivi!!Primeira resenha que leio sobre o livro, e pra minha surpresa o livro é bem melhor do que imaginei,sua historia é bem complexa e tem todo um questionamento que me agrada bastante.Uma relação aparentemente mais madura (aparentemente),espero poder conferir em breve, pois sua resenha me deixou bastante animada!!

    ResponderExcluir
  7. Já faz tempo que ouço falar super bem da Bianca e que bom que ela continua escrevendo e publicando!
    É mais um tesouro da nossa literatura despontando para o caminho do sucesso!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014