7

VINTE GAROTOS NO VERÃO (Sarah Ockler)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 27º livro lido em 2014 e foi VINTE GAROTOS NO VERÃO (Sarah Ockler). Vocês já escolheram um livro pela capa? Quem nunca? Uma das razões que me motivou a ler este livro foi esta capa linda e a sinopse também me interessou, sendo assim, mergulhei na leitura.

O livro começa nos apresentando Matt, Frankie e Anna. Os três estão na adolescência, são melhores amigos desde criança, se adoram, fazem praticamente tudo juntos e acreditam que esta amizade irá acompanhá-los até os três estarem bem velhinhos e caquéticos. Matt e Frankie são irmãos e como são vizinhos de Anna, a amizade apenas se intensificou com o passar do tempo. Porém Matt e Anna se apaixonam, começam um romance adolescente escondidos de Frankie e Matt toma pra si a responsabilidade de contar para ela e pede que Anna guarde segredo. Mas antes de Matt conseguir fazer isso, ele morre em um acidente de carro e a dor desta perda deixa todos os que amavam Matt devastados. Anna guarda para si o segredo que ela e Matt mantinham, apenas confidenciando em um diário a saudade que Matt deixou, enquanto Frankie tenta superar a dor através de um comportamento libertino e inconsequente.

Um ano inteiro se passa da morte de Matt e a família de Frankie decide passar férias na Califórnia e convidam Anna para se juntar à eles. Frankie decide que a cada dia na Califórnia, elas terão um menino diferente para namorar e ainda que Anna não concorde, afinal, ela tenta se manter fiel ao Matt, ela apóia a amiga neste projeto e a partir disso, o livro vai se desenvolver sobre as aventuras de Anna e Frankie durante os dias de verão na Califórnia.

Eu já estava desistindo do livro porque até a metade da história a Anna fica ali no limite da chatice e insuportabilidade com tanta tristeza. Ok, o seu primeiro amor morreu e ela não está conseguindo ajudar a amiga, mas a forma como essa tristeza é registrada no livro, dá vontade de deixar a personagem falando sozinha de tanta reclamação, porém, no auge das férias, a história ganha um novo tom e então fica aquela sensação que valeu a pena passar por toda a chatice da Anna, porque a amizade entre ela e Frankie é fragilizada e em função disso, uma série de questionamentos sobre a postura das duas é levada em consideração.

O livro é bem escrito mas como eu disse, muitas páginas revivendo a dor da Anna e a angústia com o segredo dela e Matt. Sinceramente, achei desnecessário. Em contrapartida, as descrições dos locais na Califórnia são ótimos, tanto as praias, as festas, o turismo urbano em São Francisco são muito bem construídos e quando a história está se amarrando e você já sente o final, quase dá pra esquecer a enrolação do início do livro.

Não é um livro surpreendente ou uma obra prima, mas é bacana e bonito. Como eu já tinha gostado muito da capa do livro, gostei mais ainda quando conforme a narrativa se desenvolve, fui percebendo que a capa tem MUITO a ver com o enredo, aliás, a capa foi uma arte muito inteligente para com toda a história. Além disso, um outro aspecto positivo no livro, foi uma cena sensual, rica em detalhes, porém sem vulgaridade. Não exatamente romântica, mas uma cena bonita de se ler, emocionante e de um bom gosto raro na literatura contemporânea. 

A história não é excelente, mas este como se trata do primeiro livro da autora, acredito que sua escrita ainda irá amadurecer muito com o passar do tempo e eu espero ler outras coisas dela e comprovar esta minha expectativa.

Pra quem gosta de drama, é uma boa pedida, mas nada que você já não tenha lido antes. Fala de amizade, de família, de dor e de saudade. Bonito, mas comum.
"E tudo mais que importava em toda minha existência... parou. Eu estava debaixo d’água de novo, vendo coisas embaçadas em câmera lenta sem som ou contexto, sem sentimento, sem cuidado. O mundo poderia acabar e eu não teria percebido." página 25
Na escuridão pós morte da nossa relação, eu não sei se eu alguma vez vou ver aquela Frankie de novo. Nós somos pessoas tão diferentes agora; se eu a conhecesse na rua hoje, desse jeito, nós nunca seríamos amigas. Mas uma vez em muito tempo, seu sorriso voltou, embora fugaz e eu a vejo, realmente a vejo, e sei que vou fazer qualquer coisa para mantê-la aqui um pouco mais, para impedi-la de deslizar de volta no silêncio que quase a sobrepujou ano passado. Mesmo se isso significar falar sobre roupas e garotos e dietas de Milk-Shake ao invés de coisas que realmente importam. página 45

Um pouco sobre a autora: Sarah Ockler é uma escritora americana com vários títulos de sucesso que já foram traduzidos para vários idiomas. No Brasil, VINTE GAROTOS NO VERÃO é o seu único livro publicado.
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Olá, Ivi!
    Quando li a sinopse, fiquei curiosa em relação a esse livro. A edição é linda e pela sua resenha, parece ser um livro emocionante. Quero muito ler. O tema chamou minha atenção, principalmente porque fala sobre a dor da perda e da superação de uma maneira leve. Parece ter uma boa carga de drama, então acho que seria uma boa leitura para mim, faz tempo que não leio algum livro com esse gênero.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito deste livro e principalmente da parte gráfica que ficou linda.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me conquistou tambem pela capa.... fiquei curioso para ler e ainda pretendo ler... Espero conseguir superar as queixas da personagem no inicio.... as vezes queixa demais em um livro me deixa desmotivado...

    ResponderExcluir
  4. Oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, tudo bem???
    Ahhh, que pena que não achou o livro tãaaaaao bom...
    Eu daria uma chance a ele, amei essa capa!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro bem dramático rsrs
    Embora não goste muito desse drama todo, fiquei curiosa para ler e ver como essa trama se desenvolve ao longo do livro.
    E também concordo que a capa é linda! Quem nunca comprou um livro só pela capa? rsrs

    ResponderExcluir
  6. Oi, que pena que o livro não foi de completo agrado, mas creio que essas paginas falando sobre o sofrimento da Ana não serão tão legais assim, porém eu pretendo ler o livro, pois ele me chamou a atenção desde o inico, e creio que ele vale a pena.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  7. Oiii Ivi!!!
    Apesar de você não ter gostado muito do livro eu estou louca pra lê-lo... Adoro Dramas rsrsrs
    Achei a capa linda tbm, mas o conteúdo do livro é o que estou louca pra descobrir li outras resenhas e a maioria delas fala bem do livro e como você mesma falou é uma boa pedida pra quem gosta de livros assim :)

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014