8

Tudo e Todas as Coisas (Nicola Yoom)

Ficha Técnica:
Nome Original: Everything Everything
Autora: Nicola Yoom
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: Amanda Orlando
Ilustrações: David Yoon
Número de Páginas: 304
Ano de Lançamento: 2016
ISBN-13: 9788581637884
Editora: Novo Conceito

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 25º livro lido em 2017 e foi Tudo e Todas as Coisas (Nicola Yoom). Quando este livro foi lançado ano passado, não dei muita bola, mas depois de ler e ouvir tantos elogios e principalmente, por estarmos perto da estreia da adaptação cinematográfica, me senti compelida a ler.
Como é possível que os seres humanos tenham inventado algo tão impressionante como o avião e algo tão horrível como a bomba nuclear? Página 189
O livro nos traz a Madeline, uma garota de 18 anos que tem uma grave doença. Desde bem pequena, ela foi diagnosticada com IDCG, que consiste em ter alergia de basicamente tudo. Ela vive praticamente em uma bolha dentro da casa dela, onde o ar é filtrado e onde ela tem uma enfermeira ao seu lado durante todo o dia. A mãe da Madeline é médica e faz de tudo para que ela nunca entre em contato com as substâncias que podem deixá-la doente.


Madeline sabe que a sua vida é diferenciada porque ela tem acesso à internet e é uma leitora ávida. Em função de ficar muito tempo sem fazer nada em casa, ela desenvolveu o hábito da leitura e por esta característica, me identifiquei imediatamente com a protagonista. Entretanto, Madeline só sente vontade de fato ter uma vida diferente, quando uma nova família se muda para a casa ao lado e ela se apaixona pelo Olly, seu novo vizinho.
Talvez crescer signifique desapontar as pessoas que você ama. Página 221
O começo deste romance é todo feito através da troca de mensagens e por causa da doença da Madeline, eles não podem ficar próximos e então, o livro irá se desenvolver em Madeline e Olly vencerem os limites que estão no meio do caminho deles.

Eu estava com uma expectativa relativamente alta para com o livro porque eu não lembro de ter lido uma única opinião negativa sobre a obra, porém, ainda assim, fui surpreendida por uma história muito bem escrita, com elementos pertinentes e com uma reviravolta no final que me deixou no chão. 
Mas qualquer coisa pode acontecer a qualquer momento. A segurança não é tudo. Há mais na vida do que se manter vivo. Página 295
O livro tem uma narrativa que cresce conforme as páginas avançam. O ritmo se acelera e não porque a história fica apressada, mas porque a trama amadurece conforme a história se desenvolve e isso é muito legal. Madeline é uma protagonista admirável e muito consciente dos seus limites, mas o que ela não esperava era que o amor, em muitas formas, nasce para quebrar os limites. Olly é um garoto que tem sua dificuldade pessoal muito bem pontuada no enredo. Seu pai está falido e caminhando a passos largos para o alcoolismo e isso está desestruturando sua família, mas, ainda assim, é um menino digno de admiração também.


O livro fala de amor, não apenas de romance. E as páginas finais são incrivelmente enlouquecedoras. Como disse no começo, existe um plot twist muito interessante e bem argumentado na história e quando você percebe o que a autora quer com aquilo, fica mais desesperado que a Madeline.

Eu esperava apenas um romance adolescente com aquela carga dramática de doença, mas o livro me trouxe muito mais.


A arte gráfica está linda, com ilustrações simples, mas bem interessantes e isso agregou e deu bastante rapidez à leitura. A narrativa é simples, mas sensível e em algumas partes, me senti bem tocada pela trama e pelo drama pessoal dos personagens.

O final, um pouco aberto, talvez, me agradou muito e claro, estou master ansiosa para conferir o filme nos cinemas, já esperando claro, uma pontinha de decepção, porque sei que a grandeza desta história, talvez não caiba na telona, mas satisfeita em saber que no cinema, a possibilidade deste enredo alcançar muitas pessoas, é bem mais fácil que na literatura.


Enfim, eu adorei! É um romance adolescente, mas que agradará todo e qualquer leitor, porque é bem escrito, envolvente e inesquecível.

Eu ia colocar o trailer do filme para vocês conferirem, mas o trailer traz um spoiler violento sobre a trama e não acho justo. Por isso, se vocês pretendem ler o livro antes de assistirem o filme, fujam do trailer.

Eu amei!!!


Um pouco sobre a autora: Nicola Yoon nasceu na Jamaica, cresceu no Brooklyn e mora em Los Angeles com a família. É uma romântica incurável que acredita ser possível se apaixonar num instante e que isso pode durar para sempre. Seus livros publicados no Brasil são:
  • Tudo e Todas as Coisas
  • O Sol Também é Uma Estrela
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Oi, Ivi!
    Eu, com certeza, não conhecia esse livro. Digo isso porque, por causa da capa, imaginei que tratava de algo totalmente diferente. Ainda bem que eu li sua resenha, né? Jamais podia imaginar que tratava de um romance, mas sim de uma comédia (sério, achei que era tudo menos romance). Tô ansiosa pra ler já! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu lembro de já ter lido a sinopse do livro uma vez e tinha me interessado muito por ele!Ele provavelmente estava na minha lista anterior de livros (da qual eu acabei perdendo),mas acabei me lembrando de novo da história porque vi que ia sair o filme. Confesso que com o filme não fiquei tão empolgada, mas o livro ainda está na minha lista XD
    Gostei muito do texto, me fez ficar ainda mais ansiosa para poder ler!!
    Obrigada pela dica, beijos,
    As Meninas Que Leem Livros~

    ResponderExcluir
  3. Oi Ivi
    Eu gosto muito desse livro, ontem mesmo estava pensando nele e comentando com uma amiga para ela ler também. Tudo é muito bem argumentado né, e o romance é extremamente envolvente. Suas impressões refletem muito as minhas próprias!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá a todos!! :)

    Eu quero fazer a leitura deste livro, ainda bem que gostaste assim tanto! :) Fiquei ainda mais curioso!!

    Que bom que o romance e tao envolvente! Realmente, e mau que o trailer tenha um spoiler assim!!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ivi.
    Eu também gostei muito desse livro e me identifiquei com a protagonista por ela ser uma leitora exemplar.
    Estou muito ansiosa para o filme. Eu li o livro depois que vi o trailer, não me aguentei e passei na frente de muitos outros que estavam na fila.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Faz tempo que não leio livros adolescentes, mas acho essa história muito interessante. Fiquei bastante curiosa quanto à carga dramática e o plot twist, que eu adoro hahaha. Não sabia, ou não lembrava, que fariam filme. Atiçou mais ainda minha curiosidade :)

    ResponderExcluir
  7. Oi Ivi. Pensa numa pessoa que comprou esse livro faz séculos e acabou não lendo! Sou eu! Kkkkkkkkkkk!
    Eu leio umas resenhas e ficou doida pra ler. Leio outras e desanimo.
    No balanço geral, eu acabei deixando o livro pra lá porque é tanta expectativa em cima dele que não quero me decepcionar.
    Acho que só vou ler depois que todo esse furdunço sobre ele baixar!!

    Beijos!!

    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro esse tipo de livro, que traz pro leitor uma realidade diferente, viver a experiência de alguém através das páginas... confesso que já enjoei de livros que sempre abordam câncer, e gosto quando um autor vai a fundo em alguma condição mais incomum e complexa. Gostei da premissa do livro, especialmente porque ele não é o que se espera de um romance adolescente, como você disse.

    Bjs

    Pipoca com Café

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014