0

Revealed (Aleatha Romig)


Apesar de acreditar que não era necessária continuação, pensei na contradição que envolve a série Consequences e me interessei pela leitura do quarto livro. Devo alertar que a resenha possui spoiler dos outros livros.

A narração de Revealed é feita pelos homens importantes na vida de Claire: detalhes sobre os fatos já relatados nos primeiros livros são contados pelo marido Antony Rawlings, pelo cunhado John Vandersol, pelo agente Harry Baldwin, pelo segurança Phillip Roach e também pelo advogado Brent Simmons.         
 “O mistério da existência humana encontra-se em não só sobreviver, mas em encontrar algo para viver” – página 19.
Nos primeiros capítulos, o narrador é Tony, que relembra o passado e justifica algumas atitudes e decisões tomadas anteriormente. Já Phillip expressa todo o respeito por Claire e sua coragem ao enfrentar o marido, além de se revelar fundamental para a segurança da família. 

Em sua narração, Brent se choca ao ler trechos do livro de Meredith, que retrata a vida de Claire desde o momento em que chegou a mansão de Anthony, enquanto o primeiro capítulo narrado por John é cheio de lembranças da adolescência de Claire e admiração pela força dela. 

A esposa Emily também é citada: se dedica integralmente a sobrinha Nichol, sofre pelo ocorrido com a irmã Claire e espera que ela possa ser feliz. O último a narrar um capítulo é Harry, que sofre por desconfiar da única pessoa da família e se surpreende ao perceber que Tony talvez não seja tão culpado quanto pensava.
“Não é de se admirar que a verdade é mais estranha que a ficção. A ficção tem que fazer sentido” – página 199.
Há vários capítulos em que são transcritos trechos do livro de Meredith, no qual é possível perceber todo o medo vivido por Claire, mas ao decorrer do livro, Tony reconhece seus erros perante todos os envolvidos e se esforça para mudar, ainda que não possa ver a esposa. As sessões de terapia dele demonstram todas as situações: conflito, comparação sobre o que ele vive e o sofrimento de Claire e esforço por reconhecer o quanto agiu de forma errada.

Quando tudo parece finalmente esclarecido, Anthony toma uma decisão baseada no que é melhor para Claire, mas coloca diretamente em risco o futuro tão esperado por eles.

Ao final do livro, há uma lista com os nomes de todos os personagens da série (com alguns que nem lembrava, como médicos e enfermeiros). Há também uma linha do tempo da história, o que me pareceu bem válido, já que o encontro de Claire e Tony ocorreu em 2010, mas o personagem que deu início a situação nasceu em 1921 e o capítulo final desse livro acontece em 2017, com um detalhe que representa o fechamento de um ciclo.

Leitura válida para quem gosta da série Consequences, os detalhes e explicações sobre os fatos nos fazem ver tudo de outra forma!

Ainda que este pareça ser o último (já que contempla situações dos outros três livros), ainda há um quinto livro da série, intitulado “Beyond the Consequences”, com mais segredos e que parece finalmente esclarecer o responsável pelas estranhas cartas enviadas à família.

Há outros dois livros com o ponto de vista de Tony (Consequences e Truth), o que pode ser cansativo, mas como sou fã de pontos de vista masculinos, certeza que voltarei aqui para comentá-los também!
“O amor não é um sentimento de felicidade, é uma disposição para sacrificar” – página 215

Um pouco sobre a autora: Aleatha Romig é americana. Antes de se tornar uma autora de sucesso trabalhava como higienista dentária, porém agora vive em tempo integral dos heróis e anti-heróis que ela cria. No Brasil, ainda não temos nenhum de seus livros publicados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014