0

A Doçura da Chuva (Débora Smith)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 33º livro lido em 2015 e foi A DOÇURA DA CHUVA (Débora Smith). A leitura deste livro foi uma sugestão de uma amiga que me indicou, mesmo ser ter lido o livro. Ela leu a sinopse e acreditou que eu iria gostar da história. Como se trata de uma amiga que dificilmente erra em uma indicação de livros para mim, comecei a ler sem saber absolutamente nada da história e nem sobre a autora. Gostei da capa e acreditei que seria uma boa leitura.

O livro nos traz a Kara, uma jovem que cresceu beneficiada pela ótima família que tinha. Sendo filha de ambientalistas famosos no mundo, teve sua vida dividida entre as florestas da amazônia, a convivência com os indígenas e os colégios elitizados dos Estados Unidos. Nunca lhe faltou nada e ainda que ela tenha tido momentos difíceis na infância e adolescência, ela era sem dúvida, uma pessoa abastada. Porém os pais de Kara morrem em um desastre de avião e além da fortuna, ela herda um segredo muito sério: ela era adotada. Após o choque da verdade, ela decide ir atrás dos pais biológicos e assim conhecemos o Ben, um cowboy em uma fazenda na Flórida e então a história se desenvolverá entre as descobertas que Kara fará sobre sua própria origem.

Este livro me arrebatou logo nas primeiras páginas. Já na segunda página sabemos que Kara foi roubada dos pais biológicos logo após o nascimento, alguns detalhes do nascimento de Kara descritos nos primeiros parágrafos do livro, se amarram com muita inteligência no decorrer da história e conforme vamos nos familiarizando com os personagens que orbitam a trama principal do livro, ficamos cada vez mais envolvidos na história.

Somos apresentados a Mac, Lily, Joey, este último é o irmão de Ben e ele tem síndrome de Down e nos afeiçoamos a ele desde o momento em que ele nasce e entre ele e o irmão, existe uma conexão fraternal incrível. Ben cuida de Joey e o defende acima de todas as coisas e ao mesmo tempo, estimula que ele seja independente e supere os próprios limites.

Devorei as páginas do livro e me emocionei profundamente com a história. Os pais verdadeiros de Kara possuem uma peculiaridade que é tratada de forma elegante e sensível no livro e a história é original, bem escrita, bonita de ser lida. Este é um daqueles livros dos quais me orgulho de ter lido porque os personagens me conquistaram de um jeito tão intenso que é como se eu fosse amiga deles.

A história é recheada de magia, ternura e sensibilidade e algumas surpresas muito bem inseridas no contexto. Não se trata de um livro dramático e que renda lágrimas de comoção, mas tudo é muito bem medido dentro da narrativa e é uma história crível e tão humana que poderia ter acontecido com qualquer pessoa.

Eu adorei do começo ao fim. É o tipico livro que eu indico para todo e qualquer leitor e acho pouco provável que alguém não vá gostar da leitura porque a história e a escrita são realmente ótimas.

Super recomendo!


Um pouco sobre a autora: Deborah Smith é uma das autoras americanas mais lidas em todo o mundo. A sua obra já vendeu mais de três milhões de exemplares. Ela já foi nomeada para diversos prêmios importantes como o RITA Award da Romance Writers of America e o Best Contemporary Fiction da Romance Reviews Today. No Brasil, ainda não temos nenhum livro dela publicado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014