4

Eleanor & Park (Rainbow Rowell)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 5º livro lido em 2015 e foi ELEANOR & PARK (Rainbow Rowell). Já tinha ouvido muitos comentários positivos sobre o livro e ele passou a ser um dos queridinhos entre os leitores no ano passado e sendo assim, parti para esta leitura com as expectativas bem altas e predisposta a gostar bastante da leitura.
"Se você mesma não pode salvar sua própria vida, vale a pena alguém salvar? Página 233
O livro nos traz a Eleanor, uma adolescente no primeiro dia de aula e como se a dificuldade da situação já não fosse o suficiente, Eleanor é a garota completamente fora do padrão: ela é gorda, ruiva, cabelos sempre desgrenhados, muito pobre e veste roupas muito estranhas. Ela é o alvo fácil para a garotada popular da escola, do bairro, do universo e logo no primeiro dia de aula, ela conhece o Park, que embora não pertença à turma dos populares e vencedores, é um garoto que se dá muito bem com todo mundo. 

Ele é um típico adolescente: adora revistas em quadrinhos, pratica artes marciais e ouve rock grande parte do tempo. Eleanor senta-se ao lado de Park no ônibus que os leva para a escola e todos os dias, indo e vindo, eles são obrigados a ficar ao lado um do outro. Com o passar dos dias, Park percebe que Eleanor lê os seus gibis com o canto dos olhos e ele começa a compartilhar com ela esses gibis e sem conversar ou fazer muitas perguntas, ele compartilha com ela suas revistas e as músicas que ouve, cedendo o fone de ouvido para que ela ouça as músicas que ele gosta. Inevitavelmente, eles se apaixonam, mas não é automático, é gradual, passo a passo e quando eles estão envolvidos, Park passa a ser piada na escola porque namora uma menina feia.

Eleanor vive a realidade da família disfuncional: seus pais são separados, ela tem quatro irmãos menores e um padrasto assustador. Assustador de verdade. Toda a família vive na linha da miséria e sob uma tensão absoluta dentro de casa. Já Park está inserido em uma família tranquila, seus pais são apaixonados um pelo outro e seu irmão menor não o perturba. Vez ou outra Park acredita que seu pai não gosta muito dele, mas conforme a leitura avança, você percebe o quanto o filho é amado.

O livro é uma delícia do começo ao fim, mas extremamente tenso. Eleanor tem uma auto estima abaixo de zero e encontra em Park a possibilidade de ser amada. Park se apaixona por Eleanor da maneira mais pura e bela que pode existir. Todas aquelas emoções de um primeiro amor são tão bem descritas na narrativa, que é impossível não sorrir enquanto se lê. Existe uma naturalidade na atitude dos dois muito bem desenvolvida e tudo é tão real e ao mesmo tempo romântico, que a leitura se torna viciante.  

O livro fala sobre amor, compromisso e amizade. Mas fala aborda bullyng, padrões, expectativas e abuso. Os personagens são adoráveis e odiáveis. Você ama quem tem que ser amado e odeia quem pede pra ser odiado e quando você percebe em que lugar a autora pretende te levar, seu coração se aperta completamente, em um misto de tristeza e alívio.

O livro é escrito em 3ª pessoa, porém dando um panorama bem abrangente sobre os personagens principais e seus mundos e isso tornou a leitura bem fluida e rápida e em função do enredo, bem como da história, é aquele tipo de livro que te faz passear pelas suas mais de 250 páginas sem perceber.

Eu adorei o livro e o recomendo para quem gosta de uma história romântica e real. Um livro que fala de amor com os pés no chão. O livro traz uma abordagem séria sobre alguns temas tristes e mesmo que não se aprofunde em nenhum deles, te faz pensar seriamente a respeito das pessoas ao redor. Um livro com personagens adolescentes, que agem como adolescentes e que ainda assim, te obriga a pensar.

Super recomendo.
"Eleanor não era meiga. Era honesta, boa e honrada. Sem dúvida ela ajudaria uma velhinha atravessar a rua. Mas ninguém, nem mesmo a velhinha diria: 'Vocês conhecem a Eleanor? Que menina meiga!"
Observação: encontrei várias ilustrações sobre o livro na internet. Distribuí na resenha as que eu mais gostei. Espero que vocês apreciem também. 
O livro se passa nos anos 80 e tem inúmeras menções à músicas e programas de TV que foram sucessos naquela época. Se você gosta de músicas desta época, talvez curta a trilha sonora que está AQUI.


Um pouco sobre a autora: Rainbow Rowell é uma escritora americana que gosta de escrever sobre pessoas, adolescentes e adultos, mas sobretudo, seus personagens são caracterizados por fazerem tudo errado. Seus livros publicados no Brasil são:

  • Eleanor & Park
  • Fangirl
  • Anexos
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Oi Ivi!
    Eu também ouvi muitos elogios sobre "Eleanor & Park" e acabei ficando curiosa para conferir, mesmo que de início o livro não tivesse me chamado a atenção.
    Gostei de várias coisas que você mencionou, como a trilha sonora incluída na história e o comportamento verossímil dos personagens.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! Esse livro parece ser tão fofo, e todos falando muito bem dele, tenho muita vontade de ler.
    http://lecry.blogspot.com/2015/01/resenha-nao-olhe-para-tras.html

    ResponderExcluir
  3. Olá Ivi
    Até gora, li apenas comentários positivos com relação a todos os livros da Rainbow. Infelizmente, ainda não li nenhum, mas, com certeza, Eleanor & Park seria minha primeira escolha.
    Adorei sua resenha e as imagens.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014