4

Mar Da Tranquilidade (Katja Millay)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 57º livro lido em 2014 e foi MAR DA TRAQUILIDADE (Katja Millay). Este é o típico livro que me ganhou pela capa e depois que li alguns comentários que a capa tinha muito da história, eu me rendi completamente.
"Eu vivo num mundo sem magia nem milagre. Um lugar onde não há clarividentes nem metamorfos, anjos ou garotos super-humanos para nos salvar. Um lugar onde as pessoas morrem e a música se desintegra e tudo é um saco. O peso da realidade nos meus ombros é tão grande que às vezes me pergunto como ainda consigo erguer os pés para caminhar." página 44
O livro nos traz a Nastya, uma garota de 17 anos que acabou de se mudar para uma nova cidade e uma nova escola. Ela foi vítima de uma tragédia brutal a alguns anos e ainda não se refez daquilo e busca neste novo cenário, esquecer completamente do que aconteceu, ou pelo menos, não ser conhecida pela tragédia que a alcançou. Nastya chama a atenção de todos ao seu redor por se vestir sempre de preto e com roupas vulgares e já nas primeiras horas na nova escola é antagonizada pelas meninas e vulgarizada pelos meninos. Mas ela não se importa e somada à vestimenta peculiar, ainda usa uma maquiagem carregada que assusta todos.

Temos então o Josh, um garoto da nova escola de Nastya e que também tem uma inabilidade social muito parecida com a de Nastya, com a diferença que todo mundo sabe os motivos que fizeram com que ele se isolasse das outras pessoas: Ele perdeu toda a sua família e o livro começa com ele internando o avô em uma clínica porque ele não tem mais como cuidar dele e sendo assim, Josh é um rapaz triste e procura manter todos distantes.

Como era de se esperar, Josh e Nastya se aproximam, mas nada é automático. Capítulo por capítulo, eles vão lentamente dando um passo de encontro ao outro e a autora constrói este envolvimento de uma forma muito tranquila, amadurecendo a confiança um no outro, justificando cada atitude que um ou o outro tem e enquanto isso vai acontecendo, vamos tendo pistas do que de fato aconteceu com Nastya e torcendo para que tudo de certo para todos.

Temos ao redor do casal alguns coadjuvantes que dão leveza e humor para a história: Temos o Drew, o melhor amigo do Josh que acaba por ser um grande amigo para Nastya também. Temos a família do Drew se infiltrando na vida de Nastya e outros alunos da escola que acabam por ser importantes para que as pontas soltas se amarrem no fim da história.

O romance no livro é previsível, mas não é disto que o livro trata, mas sim de superação e a história me envolveu de uma forma tão viciante que enquanto eu estava lendo eu esquecia o mundo ao meu redor e enquanto eu não estava lendo, eu só pensava na história. Mais que isso, a forma como a autora usou as palavras e a originalidade para construir diálogos interessantes me ganhou desde o primeiro capítulo e eu me vi escrava da leitura. E como era de se esperar, quando concluí, me vi em um grande vazio, com uma saudade arrebatadora dos personagens.

O livro é ótimo do começo ao fim. Angustiante em algumas partes, romântica em outras e traumatizante na maioria. Um livro intenso, forte, bonito e sobretudo, bem escrito. Um livro que faz você amar os personagens e levá-los pra sua vida. É apaixonante e real.

Para quem gosta de drama é um banquete, mas eu acredito que nem todo leitor vá se envolver em função dos personagens serem jovens, contudo eu acredito que vale a pena arriscar porque o livro realmente é muito bem desenvolvido.

Super recomendo!!!
"Ser assombrado por fantasmas seria uma dádiva. Eu rezava para isso acontecer. Minha mãe, minha irmã, meu pai, minha avó. Após cada um deles morrer, eu criava esperanças de que voltariam, ao menos uma vez, para que eu os visse de novo. Que me dessem um sinal. Que indicassem que havia algo além, que era bom e que eles estavam bem. Mas nenhum deles jamais voltou. Antes de ir embora, meu avô me garantiu que havia vida após a morte, pois ele já a havia visto por um breve momento, muito tempo atrás. Eu o escutei, mas não acreditei. Eram a doença e os remédios falando, não recordações e verdade. Ele vai morrer logo e eu não vou esperar um sinal dele. Vou apenas ficar aliviado por não ter mais ninguém para perder." página 109

Um pouco sobre autora: Katja graduou-se com honra em produção de televisão na universidade de Nova York, na escola de artes e trabalhou como produtora de TV, e como professora de estudo de filmes e roteiros. Seu romance de estreia foi vencedor de diversos prêmios e nomeado o melhor livro de 2013 pelo School Library Journal. Ela vive atualmente na Florida com sua família.

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Nossa já estava bastante interessada em ler esse livro só pela capa, título e sinopse, depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa pra conferi essa história, curto muito um drama e esse parece ser excelente.

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito da resenha, não dava nada por esse livro e me surpreendi em saber que ele é tão cheio de surpresas e emoções.
    Eu até me incomodaria com a idade dos personagens, mas se o livro for tão bom quanto você falou com certeza isso vai se tornar apenas um detalhe.
    Espero conseguir lê-lo em breve.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  3. Puxa, já estou apaixonada por esse livro... A capa dele sempre me chamou a atenção, mas eu não sabia se ele era realmente tão envolvente quanto a capa. Acredito que eu vou gostar da protagonista e me identificar com a historia. Sabe, após ler sua descrição da Nastya, a primeira pessoa que vem em minha mente é a Taylor Monsen. Kkk Bom, com certeza, vou coloca-lo em minha lista de leitura e como prioridade. Estou curiosa com relação à como a autora constrói essa história.

    ResponderExcluir
  4. Esse é um dos livros que me ganhou pela capa: quem entende um pouco de Gestalt sabe do que estou falando.
    Achei a história muito melancólica, poética até, em resumo bonita sem grandes surpresas.
    Enredo típico para New Adults, com seus dramas psicológicos.

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014