7

INSURGENTE (Veronica Roth)


Essa resenha possui spoilers do primeiro livro da trilogia.

A segunda parte da aventura vivida e narrada por Tris já começa de forma extremamente tensa, com a protagonista impactada com os últimos acontecimentos e ainda assim, liderando o grupo no qual estão Quatro (mencionado mais neste livro por seu nome, Tobias) e alguns amigos e familiares. Os trechos são bem descritivos e dá para sentir a aflição dos personagens com a incerteza e perigo das situações que enfrentam.

Tudo parece mudar quando chegam a sede da Amizade, facção em que todos têm o mesmo papel e conflitos são evitados, porém, os integrantes da Audácia logo percebem que não pertencem a este lugar.


A descoberta de um fato importante sobre a facção da Abnegação mexe com a curiosidade de Tris e pode levá-la a trair a confiança de Tobias. Da mesma forma, Tobias também esconde alguns segredos e um integrante de sua família pode mudar o rumo dos acontecimentos na sociedade.


As frases da contracapa dos livros desta trilogia chamam a minha atenção e a frase escolhida (“Uma escolha pode te destruir”) dá o tom do livro. As situações se alternam entre arrependimento, perdão, traições e conflitos, assim como a descoberta de informações e o cuidado para não prejudicar pessoas ou o próprio futuro, sempre tendo em conta o poder das escolhas e o impacto que estas podem ter na vida de cada pessoa.


Um fato curioso é que não conhecia a palavra “insurgente” e esqueci de pesquisar, até que no decorrer da leitura, um amigo de Tris explica o significado da palavra ao se referir a ela desta forma, satisfazendo também a minha curiosidade sobre a palavra.


No dicionário, insurgente é aquele que se revolta ou se opõe a algo, assim como na explicação dada a Tris, como “da oposição sem ser agressiva” (talvez essa escolha de palavras reforçando a questão da não agressividade tenha sido feita para evitar novos conflitos.. :))


Normalmente, o segundo livro é um pouco sem graça, mas não é o caso deste livro, pela quantidade de fatos importantes para a história. Fiquei bem tensa no início e o final é intrigante, quero muito descobrir quem é a personagem que aparece nas últimas páginas e a relação que ela terá em “Convergente”, a última parte da trama.


Mesmo assim, confesso que estou com certo receio de começar a ler, pois já ouvi vários comentários de pessoas que não gostaram do desfecho e a amiga que me emprestou o livro está até em “ressaca literária”! Acredito que a curiosidade prevaleça ao receio e logo volto para comentar sobre os últimos acontecimentos da história!

"Às vezes, as pessoas só querem ser felizes, mesmo que seja de uma maneira irreal”. – página 74.
“ - É sempre uma coisa ou outra, não é? Não há nuance alguma. O mundo não funciona assim, Beatrice. O mal depende do ponto de vista de quem o vê”. – página 361.
“Descobri que as pessoas são compostas de camadas e camadas de segredos. Você pode achar que as conhece, que as entende, mas seus motivos são sempre ocultos, enterrados em seus próprios corações. Você nunca as conhecerá de verdade, mas às vezes decide confiar nelas.” – página 494.

Veronica Roth é uma autora muito jovem e por isso a sua biografia ainda é relativamente curta. Nasceu no dia 19 de Agosto de 1988 em Chicago, Estados Unidos. NO Brasil, seus livros publicados são:
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oi!
    Já li Insurgente, mas pra mim, Divergente ainda foi o melhor. Neste livro a Tris esta mais apática, tomando decisões ruins, e se jogando para a morte. Tobias tambem não está no seu melhor.
    Não gostei do desfecho do livro, mas não fique com medo, leia-o até o fim, e só então depois de ler o último livro, você irá ficar de ressaca literária, o final é muito chocante.
    Espero que leia Insurgente logo, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rena!
      Terminei de ler Convergente hoje, fiquei chocada e triste, não esperava aquele final.. :(
      Mesmo assim, a série vale a pena!
      Vi o filme (Divergente) e achei bem legal também!
      Beijos!

      Excluir
  2. Oie...
    Ainda não li nenhum livro da série, mas se já tinha vontade, agora ela só aumentou!
    Preciso comprar eles urgente!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michele!
      Pode ler sim, vale a pena! :)
      Beijos!

      Excluir
    2. Imagino que valha mesmo rsrs
      Todos que o leram falam muito bem sobre ele.
      O problema é que sempre que vou comprá-los, surge uma promoção incrível de outros livros que quero e acabo deixando esse box de lado! rss

      Excluir
  3. AMO a triologia :)
    Gostei muito desse livro e como você ressaltou o segundo livro as vezes é sem graça, mas isso não ocorreu com insurgente!!!! AMEI AMEI AMEI o livro...
    Tbm tive a mesma preocupação com Convergente, uma semana antes da época do lançamento o livro caiu na internet e devido ao desfecho houve muitos comentários se esse séria o livro verdadeiro, com isso algumas pessoas sem noção acabaram postando o final em suas redes sociais e eu fiquei sabendo antes de ler o livro o que me deixou bastante chateada e desestimulada a lê-lo, parei no capitulo 40 dele e ele ficou na estante parado sem que eu consiga termina-lo tamanha foi a minha raiva com as pessoas que me disseram o que ocorria, com isso o livro acabou perdendo a graça... Mais acho que você irá gostar do desfecho a autora não teve medo de ousar e acho que por isso merece toda a credibilidade :)

    ResponderExcluir
  4. Oiiii Kelly,
    Não vou mentir: Passei um olho muito corrido na resenha... Um medo master de spoiler, hahahaha

    Ganhei Divergente e ainda não li, to um pouco atrasada né?! Hahaha

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014