9

OS PILARES DA TERRA (Ken Follet)

Quem assina a resenha de hoje é a Bel Sanz.


Fazendo uma lista de livros que gostaria de ler não poderia faltar Ken Follett, já que li vários de seus livros publicados no Brasil e gostei da grande maioria. Na verdade, me lembro de não ter gostado apenas de um de seus livros.
Procurando em livrarias virtuais encontrei uma edição especial em comemoração aos 20 anos de publicação de OS PILARES DA TERRA, fiquei surpresa por ainda não ter lido e nem sei dizer o por quê disso já que foi lançado há tanto tempo. Mas no fim valeu a espera porque OS PILARES DA TERRA foi originalmente publicado em dois volumes e nessa edição especial eles juntaram e fizeram uma edição de luxo (capa dura, encadernação de colecionador, com fita de cetim como marca páginas... lindo!).
 A história começa de uma forma que já nos prende a leitura. Um enforcamento, em praça pública; crianças, mulheres, homens, jovens e idosos, todos muito interessados indo assistir como se fosse um grande evento.
Ken Follett nos leva em uma viagem pelo passado, uma época feudal em uma Inglaterra banhada por conflitos e luta pelo poder do clero e dos cavaleiros medievais. Com sangrentas lutas pela sucessão ao trono de Henrique I. Ele usa como base de sua história, a construção de uma catedral gótica e a união do real com a ficção muito bem mesclada pelo autor é um atrativo a parte.
 Na primeira parte do livro conhecemos Tom Construtor e sua família. O homem que tem como sonho construir a maior e mais bonita catedral e que sai em busca desse sonho. Nessa “viagem” vamos conhecendo diversos personagens cujas histórias vão se ligando e se encaixando com perfeição. O xerife, um cavaleiro, um monge, um sacerdote, o prisioneiro e uma jovem mulher que surge do nada são os personagens que aparecem logo de início e ao longo da narrativa suas histórias vão sendo mostradas e interligadas.
A segunda parte da história tem como foco central o amor de dois jovens. Uma linda princesa, banida de suas terras por um cavaleiro vingativo, e um jovem herdeiro dos conhecimentos de Tom Construtor que herda também seu sonho de construir uma grande catedral. Um amor que parece que vai naufragar diante de toda dificuldade que é imposta pela igreja e pelo poder da época.
Cada situação cativa o leitor por ser bem descrita e envolvente. Os vilões ardilosos, frios e tiranos fazem com que seja impossível não odiá-los. Em contrapartida temos o prior Phillip com seu senso de justiça e seu sonho de ter em seu priorado a maior catedral de toda Inglaterra. É verdade que em alguns momentos podemos sentir raiva do prior Phillip devido aos seus conceitos do que é certo e errado, mas se levarmos em conta a época somos obrigados a reconhecer seus motivos.
A narrativa em terceira pessoa faz com que a leitura seja fluída e possamos assim acompanhar a história de todos os personagens e seus pontos de vista.
Como a história do livro transcorre em algumas gerações acaba que nos apegamos aos personagens que logo saem da história e nos sentimos meio que órfãos. Torcemos pelos fatos juntos com a história, mas como na vida real nem tudo acaba como gostaríamos com isso ficamos tristes, ficamos felizes, vibramos com conquistas e choramos com as perdas. Ken Follet nos faz viajar e nos envolvem com essa história de amor, lutas, superação, mistérios e magias.
Recomendo a leitura. A história é rica e com certeza agrada a todo tipo de leitor.

Em 2008, Ken Follet lançou “Mundo sem fim”. Essa obra é protagonizada por descendentes de OS PILARES DA TERRA, e a história se passa no mesmo lugar depois de mais de 100 anos.

_ Amaldiçoo vocês com a doença e o infortúnio, com a fome e a dor; sua casa será consumida pelo fogo, e seus filhos morrerão na forca; seus inimigos prosperarão, e vocês envelhecerão na tristeza e no remorso, e morrerão na podridão e na agonia... _ À medida que pronunciava as últimas palavras, a garota enfiou a mão num saco que estava no chão ao seu lado e puxou um galo vivo. Apareceu uma faca na sua mão, surgida do nada, e com um único golpe ela cortou a cabeça da ave. (Prólogo – pág. 13)

Um pouco sobre o autor: Kenneth Martin Follett nasceu em 05 de junho de 1949, é um escritor britânico nascido no País de Gales. Formado em Filosofia, começou sua carreira como jornalista. Passou a escrever pequenos contos e encorajado por amigos que gostavam muitos de seus contos, passou a escrever romances.
Alguns de seus livros publicados no Brasil:
  • O buraco da agulha (1978)
  • Triângulo (1979)
  • A chave de Rebeca (1980)
  • O homem de São Petersburgo (1982)
  • O voo da águia (1983) - Não ficção
  • Na toca do leão (1986)
  • Os pilares da terra (1989)
  • Noite sobre as águas (1981)
  • Uma fortuna perigoso (1993)
  • Um lugar chamado Liberdade (1995)
  • O terceiro gêmeo (1996)
  • O martelo do Éden (1998)
  • Código zero (2000)
  • Jackdawns - Agentes especiais (2001)
  • O voo da vespa (2002)
  • Tempo fechado (2004)
  • Mundo sem fim (2007)
  • Trilogia do século - Queda de gigantes (2010)
  • Trilogia do século 2 - Inverno no mundo (2012)

Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Eu quero muitoooooo ler este livro.... Estou simplesmente babando nele faz tempo, porém seu volume único ainda está beeeemmm caro, amo livro assim e a série de tv é ótima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O volume unico é bem caro mesmo, Raíssa, mas eu não resisti qdo fui em uma loja fisica e peguei o livro nas mãos, no mesmo momento eu quis ele pra mim. Amei ler, pela historia e por ser uma edição tão linda. Ainda não li a "continuação" que não é bem uma continuação pq dá para ler independente, mas ele segue a história do lugar muitos anos depois, com descendentes. É um livro bem grande tb.
      Bjs

      Excluir
  2. Eu ganhei Queda de gigantes no meu último aniversário, depois de amanhã faço niver de novo e ainda não li kkk. Os livro desse autor parecem mt bons, esse eu quero ler faz tempo, mas devido ao tamanho do livro eu vou deixando para ler qd tenho mais tempo e nunca leio. Quem sabe ano que vem leio o que eu tenho e leio esse tbm. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ganhei "Queda de gigantes" e "Inverno no mundo" nesse Natal e não vejo a hora de começar a ler. São enormes tb, vou deixar para ler nas minhas férias pq não dá nem pra pensar em carregar na bolsa kkkkkk
      Eu amo ken Follet e como disse na resenha só tem um livro dele que li e não gostei.
      Bjs

      Excluir
  3. não conhecia o autor mas gostei da historia o autor parece descrever muito bem os detalhes da época e falou em catedral em estilo gótico eu vou ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele realmente descreve muito bem todos os detalhes, Julia. Não tem como não viajarmos junto com ele. Eu gosto dessas histórias que misturam ficção com realidade e muitas vezes fui no Google pra procurar saber se algo que ele contava tinha realmente acontecido e era tudo verdade.
      Gosto é uma coisa muito pessoal mas se vc me perguntasse qual o livro dele eu recomendaria pra quem ainda não leu nenhum livro do Ken, eu diria "O voo da águia", que é o meu preferido. Nesse livro a história tb é real, fatos que aconteceram de fatos mesclados com algumas coisas que ele colocou para 'costumar'. Tem até fotos dos personagens reais no final do livro. Eu não costumo reler livros mas esse eu li duas vezes.
      bjs

      Excluir
  4. Não conheço o trabalho do autor, apesar dos vários livros citados ao final da resenha.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esta obra, mas me interessou muito! Adoro estórias de épocas antigas e esta me chamou muita atenção, principalmente pelo fato da vida dos personagens serem ligadas ao longo do livro, adoro esse tipo de enredo!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá Bel, tudo bem??
    Muito boa essa resenha, pois assim tive uma ótima ideia sobre essa leitura, que não conheço, esse vai entrar em minha pilha para futura leitura. E também achei esta edição muito linda, e como ainda não li nenhum livro deste gênero fiquei bastante curiosa!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014