20

TANGLED (Emma Chase)

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 48º livro lido em 2013 e foi TANGLED (Emma Chase). Escolhi este livro porque eu estava procurando algo leve, divertido, sem muitas reflexões e conforme os comentários que rolavam nos grupos literários que eu participo, acreditei que este seria o livro certo para o momento. Pois bem, o livro foi extremamente divertido, arrancou de mim gargalhadas sonoras e indiscretas e ainda houve um pequeno espaço para uma reflexão despretensiosa.
O livro trás o mulherengo Drew, rico e muito atraente sofrendo a sua primeira dor de cotovelo por causa de Kate, a única mulher que foi capaz de fazer com que ele se preocupasse com os sentimentos que envolvem um encontro entre homem e mulher. Até Drew conhecer Kate, ele não dava a mínima para o que as muitas mulheres que se envolveram com ele sentiam. Na verdade, ele nem fazia muita questão de saber seus nomes. Mantinha todas em um único patamar: Sexo e ponto final. Além disso, nunca saía com a mesma mulher duas vezes. Para ele, não havia razão suficiente para que ele andasse na mesma montanha russa mais de uma vez. Assim, levou grande parte da sua vida de forma superficial e irresponsável, até o momento que conheceu Kate e se apaixonou. Mas ela além de comprometida, noiva com um homem com quem namorava a longos 10 anos, ela trabalhava na mesma empresa que ele e tratou de deixar claro que não tinha o menor interesse nele. A princípio, ambos travam uma batalha intensa para garantir o mesmo cliente e essa tensão de guerra acaba por provocar em ambos, uma grande tensão que vai além do campo profissional.
Ok, eu sei que o enredo é clichê e o final é de uma previsibilidade absurda, mas o grande lance do livro é que toda a história é sob a perspectiva do Drew, ou seja, um panorama completamente masculino da vida e isso foi muito interessante porque com essa ótica lógica, rápida e direta, percebemos o quanto os homens pensam diferente das mulheres, ainda que desejem as mesmas coisas.
Drew faz analogias práticas para defender seu ponto de vista sobre diversos assuntos e isso foi muito divertido. Com comparações básicas, ele delineia de forma simples porque as suas atitudes fazem tanto sentido para ele e eu me vi em vários momentos do livro, sendo obrigada a concordar com ele e rindo muito com sua forma prática de ver o mundo, a vida, as relações familiares e fraternas. Além do próprio protagonista ser uma grande comédia, ainda somos apresentados para a pequena Mackenzie, a sobrinha de 3 anos de Drew que roubou a cena todas as vezes que teve a  oportunidade de aparecer. Com a ingenuidade infantil que todas as crianças carregam consigo, ela preencheu algumas páginas com situações deliciosas.
Enfim, o livro é uma diversão do começo ao fim, romântico sem ser piegas e com uma taxa de palavrões e expressões de efeito além da conta. O livro é válido para quem busca ler uma história de amor com menos açúcar e muita pimenta, porque as cenas íntimas entre Drew e Kate são intensamente descritas com minuciosos detalhes.
Livro indicado para os maiores de 18 anos que acreditam no poder do amor, independente do sexo!

Quote escolhido: "Quem precisa de dignidade? Orgulho? Eles são superestimados de qualquer maneira. Quando você não tem nada, você não perde nada." página 234

"Eu não vou à igreja. Não mais. (...) Se você não está pretendendo jogar respeitando as regras, você não tem motivo para aparecer nas reuniões da equipe." página 277


Um pouco sobre a autora: Emma Chase é norte-americana que além de ser uma leitora compulsiva. Seus livros publicados no Brasil são:




Comentários
20 Comentários

20 comentários:

  1. Fiquei com vontade de ler!! Nunca li um livro assim narrado por um homem, deve ser bem diferente, apesar de como você disse a história ser um pouco cliché. Mas parece ser legal!
    Ótima resenha! Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito divertido, ainda que seja clichê, é válido pelas boas risadas!!! O Drew é muito sem noção...

      Excluir
    2. Oie Ivi!
      Onde vc consegui o livro?

      Beijosss

      Thoani

      Excluir
  2. Me deu vontade de ler. É bom ler livros leves e divertidos pra balancear. Já vou colocar na minha lista para ler depois de uma trilogia um pouco mais "pesada" :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu tô querendo ler ele! Parece ser bem divertido...
    Ótima resenha! :)

    ResponderExcluir
  4. Livros clichês às vezes são a melhor coisa que podemos ler quando não sabemos ao certo o que está no nosso espírito leitor. O livro realmente parece divertidissimo, adorei a dica querida.

    Boa Semana.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ouvi muitas coisas sobre esse livro, mas tenho a impressão de que tudo está meio igual agora.Os livros estão iguais.Não julgando mas...
    Enfim, quem sabe quando eu estiver na mesma vibe de algo leve e descontraído eu leia e me surpreenda não é mesmo?
    Valeu pela dica!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. EU PRECISO LER ESTE LIVRO! Desde que li algumas resenhas sobre ele, estou mais que ansiosa para conhecê-lo! (rs) Também acho super interessante, como você disse, ter um narrador masculino. Isso já oferece uma perspectiva bastante diferente. Se fosse do ponto de vista da moça, acho que ficaria com raiva da situação... Um cara como ele tão persistente e incapaz de respeitar limites? Oh, não... É um babaca completo. Mas, sendo do ponto de vista dele, isso garante compreender realmente seus sentimentos. Ponto forte! Com certeza, lerei o livro. *¬*

    ResponderExcluir
  7. Parece ser legal, sendo do ponto de vista masculino e de um homem galinha imagino que tenha muito palavrão e idiotices kkkkk, lendo a sua resenha eu lembrei do filme Minhas adoraveis ex namoradas, não por causa da trama em si, mas por causa do protagonista, imagino que sejam do mesmo naipe.
    Gostei da resenha e quero ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Noossa! Adorei o livro. Nunca tinha visto nada sobre ele. Acho que nunca li um livro assim, sob a perspectiva do homem. São poucos que oferecem isso né? Deve ser bem interessante. Já adicionei na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  9. Acho que vou ver se acho esse livro, pois esto precisando dar umas ''gargalhadas sonoras e indiscretas'' também. Ultimamente estou muito depressiva em minhas leituras.
    hahahahaha minha nossa! O mulherengo vai gostar logo da moça que está comprometida... que vida cruel!
    Adorei conhecer esse livro, espero lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  10. Hummm, parece que tem uma boa trama. Para o estilo do livro fiquei meio pé atrás de conferir, mas vendo a resenha deu uma animada. Se tem uma história de amor, mesmo que não seja aquela coisa melosa, é bom. Ainda mais quando é uma história de amor apimentada, aí sim vale conferir. Não curto muito quando exageram na parte física e esquecem de uma trama para todo resto, mas essa até que agradou.

    ResponderExcluir
  11. O q diferencia aqui é o ponto de vista masculino, sempre objetivo e sem rodeios nem mimimis, como nós, mulheres, somos incapazes de entender, rsrs... O q para nós é um drama com mil cogitações, para eles é tão simples!
    O q acho complicado é uma mulher se jogar nos braços de um cara desses e esperar paixão e romance. Mesmo q ele se apaixone, logo q desencantar voltará a ser galinha, hahaha!
    Deve ser bem divertido o jogo de queda de braço entre os dois!

    ResponderExcluir
  12. Realmente clichê, mas fiquei curiosa pelo ponto de vista masculino, que é bastante diferente de muitos livros por aí. Depois de ler a narrativa de Travis, procuro ler um narrador um pouco diferente.
    A queda de braço deve ser hilária, adoraria ler o livro!

    ResponderExcluir
  13. Ah o livro pode ser clichê, mas deve ser muito divertido, pois a historia mostra o que o homem acha não a mulher como costuma ser, deve ser muito interessante, pois eu nunca li algo parecido, e eu fiquei super curiosa para ler o livro.

    ResponderExcluir
  14. Ah pode ser clichê mas deve ser interessante já tive a oportunidade de ler um livro narrado por um homem confesso que não gostei(só falava bobagens)mas esse parece ser diferente ri só de imaginar as cenas que com certeza se passavam no trabalho.

    ResponderExcluir
  15. Embora seja clichê esse livro e eu já saiba o final dele,me senti tentada a lê-lo viu?!Adoro quando um livro é narrado por personagens do sexo masculino,cujo suas teorias e modo de resolver as coisas são baseadas na praticidade e dão ótimas cenas de humor rsrs. Bjos :)

    ResponderExcluir
  16. Quero muito um livro que me faça dar boas gargalhadas, mas confesso que acho que eu vou deixar esse e começar a ler melancia... Pelas resenhas que eu li de melancia ele também faz o estilo de graça né?

    XOXO
    umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Alguem sabe o nome da música que Kate canta no bar?

    ResponderExcluir
  18. Alguem sabe o nome da música que Kate canta no bar?

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014