9

O GRANDE GATSBY (F. Scot Fitzgerald)

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 16º livro do ano e foi o clássico americano O GRANDE GATSBY (F. Scot Fitzgerald). Este livro me chegou às mãos através de uma amiga também viciada em leitura, ela recomendou dizendo que se tratava ser um clássico e eu claro, peguei emprestado. Porém ficou quase dois meses na estante e me interessei por ler esta obra em função do livro O Lado Bom da Vida . 
O livro traz Nick Carraway narrando a história que se desenvolve com certa fluidez, sobre ser vizinho de um homem muito rico que festeja alegremente a prosperidade americana pós Primeira Guerra Mundial. O milionário que dá nome ao livro, Jay Gatsby, promove estas festas com um objetivo simples: Reencontrar o amor da adolescência,  Daisy, que agora é casada com Tom, um personagem que foi construído, acredito eu, com o objetivo de personificar a hipocrisia gritante que existe no ser humano. Tom sempre tinha um discurso moralista e conservador sobre todo e qualquer tema.
Nick é convidado para uma destas festas e então passa a frequentar este mundo glamouroso do dinheiro e da posição social elevada.
A história é muito bem desenvolvida e gostosa de ler, mas quando concluí, fiquei me perguntando porque livros como este, são considerados clássicos? Veja bem, não entendo o que pode classificar um livro clássico de outro qualquer, porém particularmente eu discuto este livro, porque apesar do contexto da época - o sonho americano ser vivido de forma intensa e até certo ponto, pródiga - o livro não acrescenta muito, além de um suave entretenimento. Uma história bonitinha, mas completamente questionável. 
Tenho este mesmo pensamento para com outros "clássicos" da literatura americana, como por exemplo "O Apanhador no Campo de Centeio". O livro também traz o personagem principal um tanto desorientado, mas no caso deste último, ele era um adolescente, já o Gatsby, trata-se de um homem adulto. 
Enfim, a leitura é válida, mas à mim, não agregou muito.
Um pouco sobre o autor: F. Scot Fitzgerald nasceu em Minnesota, EUA em 24/09/1896 e morreu na California, EUA em 21/09/1940. Seus livros publicados no Brasil são:
  • 24 Contos de F. Scot Fitzgerald
  • O Grande Gatsby
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Oi, Ivi! Existem muitos clássicos que eu não "engulo", rs. E que nem eram clássicos quando foram escritos, né? Mas confesso que me apaixonei pelo O Grande Gatsby, especialmente pelo Gatsby e odiei a Daisy! Estou louca para assistir a nova adaptação com o Leo DiCaprio. *.* Existe uma adaptação muito boa (e olha que não gosto de adaptações), do Coppola, de 1974. Se você quiser ler outro livro do Fitzgerald, tem Os Belos e Malditos, é bem interessante, li antes de O Grande Gatsby e segue a mesma linha de questionamento do "american way of life" da década de 1920. (:

    ResponderExcluir
  2. Vou procurar por esse Paula!!! Eu amo clássicos, mas confesso que os americanos não me empolgam tanto...

    ResponderExcluir
  3. Tá todo mundo lendo esse livro por causa do filme rsrs
    Sinceramente, sei que é um clássico, mas não me interesso a ler não :x

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi,
    Eu curti muito a leitura desse livro.
    Ele não foi tão bem recebido na época, mas acho que acabou sendo imortalizado como um clássico por representar o âmago de uma era, de toda uma geração americana. Imagino que essa sensação de nostalgia e saudosidade tenha contribuído bastante. Como história de amor ele é bem trágico, né? rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final é MUITO trágico!!! Triste demais...

      Excluir
  5. Oi Ivi!
    Não li esse livro ainda, mas queria ler porque é um clássico. Apesar que me faço o mesmo questionamento que você: o que faz um clássico?
    Também vai sair o filme, quero ver.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Particularmente acho que não conseguiria ler esse livro pelo simples fato de diversas pessoas estarem lendo ele por causa do filme, quem sabe daqui a alguns anos eu aceite a ideia e o leia. Tenho a mesma duvida que você: O que faz um clássico? KKK Gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  7. Nunca li, mas agora tenho ouvido muito falar dele...voltou a mídia...
    Pela resenha me interessei afinal, clássico é clássico em qualquer época né!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. nunca li por falta de interesse, apesar dele estar sendo muito comentado ultimamente. E por mais que seja um clássico, não me chamou a atenção =/

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014