9

A CULPA É DAS ESTRELAS (John Green)


Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 18º livro lido em 2013 e foi A CULPA É DAS ESTRELAS (John Green). Depois de muito ouvir falar sobre a escrita maravilhosa do Green, me aventurei em um dos livros mais populares do autor e sem sombra de dúvida, foi maravilhoso.
O livro nos traz a Hazel, uma garota de 16 anos sofrendo de um câncer que começou na tireoide e teve metástase nos pulmões. Hazel está convencida que não viverá muito tempo e então conhece Augustus Waters, um jovem como ela, também sofrendo da doença devastadora.
Hazel tem um ídolo, Peter Von Hauter, autor do seu livro predileto, livro que ela já releu várias vezes, porém este livro encontra-se sem final e Hazel sonha em poder saber a versão que o autor daria para a história ou se haveria uma continuação, porém o autor que vive na Holanda, nunca se dignou a responder suas cartas. Augustus então decide ajudar a amiga e namorada a conhecer o autor e acabar com a curiosidade que ela alimenta sobre o fim da história.
É um livro encantador e que causa sensações paradoxais. Em um parágrafo você está rindo dos comentários que os adolescentes fazem da própria má sorte em serem doentes, mas no parágrafo seguinte, você já está completamente sensibilizado pelo mesmo argumento.
O livro possui descrições maravilhosas, não só dos lugares, mas dos sentimentos e das impressões que os personagens possuem e eu me senti amiga da Hazel e do Augustus e os imaginava conversando, rindo e consolando um ao outro.
Mesmo com aquela pegada normal de livros que trazem personagens no leito de morte, o livro consegue passar uma leveza maravilhosa sobre o poder do amor e do quanto é importante senti-lo ainda que em condições desfavoráveis.
Um livro que eu recomendo para todas as idades e parafraseando uma certa situação do livro, eu afirmo: "Do John Green, eu leria até sua lista de compras”

Quote escolhido: “Existe uma quantidade infinita entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,11 e o 0,111 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros."


Um pouco sobre o autor: John Green é um dos escritores norte-americanos mais queridos pelo público jovem e igualmente festejado pela crítica. No Brasil, seus livros publicados são:
  • A Culpa é Das Estrelas
  • Quem é Você, Alasca?
  • O Teorema de Katherine

Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Você descreveu quase todos os meus sentimentos ao ler esse livro, amei a resenha.

    ResponderExcluir
  2. Adoreii! Esse livro já está na minha "lisitinha" de desejados :)

    Bjão!!

    http://livrosfloresetc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bom?
    Esse livro é muito bom. Oque mais gostei foi a escrita do John Green e estou louca pra ler os seus outros livros lançados!

    Beijos,
    sonhando-com-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Essa livro é perfeito...sem mais palavras para defini-lo!
    O melhor livro do meu ano de longe...
    Não só pela história incrível e por sua escrita empolgante, envolvente e emocionante, mas por que mesmo depois de termina-lo eu passei semanas lembrando, e adorando e refletindo e amando cada vez mais!
    Foi um daqueles livros que levam um pedaço da gente que nunca mais volta, mas deixa um pedaço dele que durará eternamente...amei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. John Green está famoso ultimamente por seus livros e imagino que esse seja um dos livros do momento. Eu adorei o livro, apesar de não ter gostado muito da Hazel. Mas me apaixonei pelo Gus e por Amsterdã pela descrição maravilhosa. Não preciso dizer que chorei bastante, mesmo o final não sendo muito diferente do que eu esperava.
    Enfim, quero conhecer os outros livros do autor que também parecem ser muito bons =)
    Beejo

    ResponderExcluir
  6. Esse livro me fez chorar litros rsrs.Amei os personagens, amei a maneira como o John Green escreve ( essa capacidade dele de colocar em palavras o que qualquer um pensa ou vai pensar sobre a vida bem no fundo da alma,sabe?!), amei me emocionar e me sentir parte dessa história linda e também difícil.
    Realmente quando lemos esse livro sentimos que somos amigos da Hazel e do Augustus,além dos demais personagens.Vale mto a pena lê-lo,se dúvida nenhuma.Bjos :)

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente emocionante esse livro. O autor nos leva a uma atmosfera de dor e ao mesmo tempo de alegria. A alegria que digo não é em relação a doença em si, mas a forma de como eles enfrentaram a doença sem se curvar a ela.
    Por isso é um dos meus livros favoritos e com certeza vale a pena ser relido.

    ResponderExcluir
  8. Sou eternamente apaixonada por este livro!
    Aprendi e me emocionei como nunca. Super indico.
    Parabéns pela resenha. Bjs a todas.

    ResponderExcluir
  9. Esse livro conseguiu me passar uma boa sensação quanto a vida e o amor, é um livro revolucionário, todos deveriam ler

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014